Serviços de Fomento Mercantil Belo Horizonte, Minas Gerais

Conheça as empresas especializadas em serviços de fomento mercantil de Belo Horizonte. Neste guia você também encontrará artigos com informações detalhadas sobre concessão de crédito, gestão de factoring e demais temas relacionados ao setor do fomento mercanitl.

AES Contábil Ltda
(31) 3212-3626
av Amazonas, 641, An 14 Sl 1409, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Contabilidade Universal Ltda
(31) 3224-9463
r Tupis, 457, An 13 Sl 1305, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
CCS Contabilidade e Sistemas Ltda
(31) 3453-5108
r Pedro Pinto,Pe, 2700, B, Venda Nova
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Contasur Contabilidade e Consultoria S/C Ltda
(31) 3226-7772
r Goitacazes, 14, Sl 1101, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Admicon Contabilidade Ltda
(31) 3241-5443
r Ceará, 195, Sl 1208, Sta Efigênia
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
C E e Contabilidade Empresarial Ltda
(31) 3223-5533
r Sergipe, 1135, An 3, Funcionários
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Balbino e Soares Contabilidade S/C Ltda
(31) 3344-1822
av Prudente de Morais, 621, Sl 312, Cid Jardim
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Araújo Lopes Auditoria Consultoria e Contabilidade Ltda
(31) 3442-6939
r Jacuí, 2546, A, Renascença
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
ATR Contabilidade
(31) 3333-0897
av Amazonas, 8888, Gameleira
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Becon Contabilidade
(31) 3212-3078
r Rio de Janeiro, 441, An 12 Sl 1201, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Direito de regresso

Devidos a definições equivocadas, ao longo do tempo, as operações de fomento mercantil não possuíam direito de regresso, ainda que aplicadas as Leis.

O Poder Judiciário perfilou inúmeros julgados contrários ao direito de regresso dos empresários de fomento mercantil, tomando como base definições jurídicas inaplicáveis no caso.

Simplesmente diziam que a factoring assume o risco da operação não tendo regresso em face do cedente – contratante – cliente da factoring.

Todavia, ao analisarmos o instituto mais profundamente, verificaremos que no factoring existe direito de regresso, tanto em caso de vício como em casos de insolvência. Vejamos:

Quando da operação de fomento mercantil, para aquisição dos títulos oriundo das atividades mercantis da empresa cedente, a empresa de factoring utiliza-se do instituto jurídico da cessão de crédito e, para a tradição – entrega – das cártulas adquiridas, opera-se mediante endosso translativo onde se transfere a propriedade das mesmas...

Continue sua leitura em Revista do Factoring

Endosso de título

MARCOS AUGUSTO PORDEUS DE PAULA

Advogado em Santa Catarina, mestre em Ciência Jurídica pela UNIVALI, coordenador do Curso de Direito e do MBA em Direito Processual e Empresarial na UNERJ

A todos os que trabalham ou operam direta ou indiretamente com empresas de fomento mercantil, certo é que essa atividade, complexa por si, envolve uma diversidade de atos que, colocados de forma ordenada, resultam na operação de factoring.

Porém, a falta de uma legislação que tipifique o contrato de factoring e aponte precisamente seus requisitos leva a uma incerteza quanto aos procedimentos a serem adotados, em especial, no tocante à tradição do título de crédito...
Continue sua leitura em Revista do Factoring

Fomento comercial

Na definição do nome da empresa, termos como fomento comercial ou empresarial parecem ter melhor aceitação do mercado do que a palavra factoring, na opinião do diretor operacional da Associação Brasileira de Factoring (ABFAC), Rogério Castelo Branco. “Acho que o empresário deve valorizar os termos ‘fomento mercantil’ ou ‘fomento comercial’, pois o termo ‘factoring’ além de ser estrangeiro, infelizmente denota um certo preconceito ainda por parte dos empresários e da sociedade em geral. Não que seja proibitivo.”

As empresas do setor podem trazer em seus nomes o termo factoring, sem nenhum problema. Porém, velhos estigmas ligados ao setor dificultam o trabalho no dia-a-dia como é o caso de sacados que se recusam a pagar os títulos para factorings entre outros problemas.

Além desses aspectos, na hora de definir o nome da empresa, é preciso levar em conta outras questões como aquelas ligadas às noções de marketing. “Outro...
Continue sua leitura em Revista do Factoring

Fomento mercantil

correta gestão dos diversos tipos de riscos que as empresas estão sujeitas é o que determina o grau de sucesso de cada uma. O conhecimento de quais riscos estamos expostos e o preparo para enfrentá-los é questão primordial de sobrevivência no meio financeiro.

As empresas de fomento mercantil, de modo geral, tendem a supervalorizar o risco de crédito em detrimento dos outros tipos de riscos vivenciados no seu cotidiano. Ao concentrarem os cuidados no crédito, muitas vezes pecam por descuidarem de outros riscos a que estão sujeitas.

Em outros artigos já escrevi sobre o risco jurídico envolvido nos negócios do fomento mercantil, hoje pretendo discorrer um pouco sobre o “Risco Operacional”.

Há poucos anos, o Banco Central do Brasil, na Resolução nº 3.380, de 29 de junho de 2006, tratou de definir o risco operacional para as instituições financeiras, dizendo em seu art. 2º:

“Para os efeitos desta resolução, define-se como risco operacional a possibilidade de ocorrência de perdas resultantes de falha, deficiência ou inadequação de processos internos, pessoas e sistemas, ou de eventos externos.”

Sabemos que as empresas de fomento mercantil não estão sujeitas ao...
Continue sua leitura em Revista do Factoring

  • Revista do Factoring @ Todos os direitos reservados